Suculentas: quem são elas, como vivem e como cultivá-las

As plantas suculentas são aquelas nas quais a raiz, o talo ou as folhas foram engrossados para permitir o armazenamento de água em quantidades muito maiores que nas plantas normais.

 https://criativaplantas.blogspot.com/2019/06/suculentas-o-que-sao-como-cultivo.html
Uma linda suculenta Dente-de-tigre (Aloe juvenna). Foto: Cleverson Felix.

Esta adaptação lhes permite manter reservas do líquido durante períodos prolongados, e sobreviver em ambientes áridos e secos que para as outras plantas seriam inabitáveis.



AS INCRÍVEIS SUCULENTAS


O exemplo mais típico de uma planta suculência são os cactos, cujos talos apresentam uma grossa capa de tecido parenquimatoso. Além dos cactos outras diversas famílias vegetais apresentam os mesmos fenômenos.

COMO VIVEM AS SUCULENTAS?


A adaptação das suculentas lhes permite colonizar ambientes pouco habitados, que recebem pouca competição por parte de outras espécies e, nos quais os herbívoros são escassos. Para possibilitar a captação da escassa umidade presente no ambiente, muitas suculentas são pubescentes, ou seja, apresentam uma superfície coberta de pelos que retem o orvalho matutino. Outras técnicas empregadas para maximizar a retenção da umidade é a redução da superfície em comparação com o volume da planta, limitando o número de ramificações e o comprimento das mesmas e, o desenvolvimento de camadas de cera na superfície das folhas e talos. Desta maneira reduzem o processo de perda de água por evaporação.


Sedum-morganianum
Figura 2. Uma suculenta conhecida como rabo-de-burro (Sedum morganianum). Foto: Cleverson Felix.

Os cactos apresentam uma adaptação desconhecida nas demais plantas suculentas. Estes transformam as folhas em espinhos que cumprem a dupla função de reter a água e defender a planta de possíveis agressões. A fotossíntese ocorre na própria superfície do talo que armazena o líquido retido.



Sua forma de propagação vegetativa se dá pela simples queda da folha na superfície do solo. A água contida da folha é suficiente para hidratar as raízes e a formação da muda até a maturidade do crescimento. Quando têm suas folhas retiradas, é possível plantá-las no solo, e novas plantas se originam de cada folha. Esse processo se chama estaquia.

AS FAMÍLIAS DAS SUCULENTAS


Existem milhares de espécies de plantas suculentas, classificadas em várias famílias. A maioria pertence as aizoáceas, as cactáceas e as crassuláceas, com mais de mil espécies cada uma. A tabela a seguir mostra as espécies mais populosas:


Adaptado de Wikipédia.org.

sedum
Figura 3. Uma linda suculenta (Sedum). Foto: Cleverson Felix.

COMO CUIDAR DAS SUCULENTAS?


1. O solo ideal para as suculentas


A primeira coisa que requer atenção ao plantar uma suculenta é o tipo de solo ou substrato no qual ela será plantada. O ideal é que seja usado duas partes de terra adubada para uma parte de areia grossa, isso garantirá uma boa drenagem. As suculentas não toleram solo encharcado, pois o solo muito úmido apodrece suas raízes e podem destruir a planta.

2. Como regar as suculentas


As plantas suculentas precisam de água, porém sem exageros. O ideal é que a rega seja feita quando o substrato estiver seco, e diretamente no substrato e não sobre as folhas. A adubação é essencial para manter suas suculentas saudáveis, por isso recomendamos a adubação com NPK a cada três meses.


Crassula-ovata-Gollum
Figura 4. A famosa suculenta orelha-do-Shrek (Crassula ovata). Foto: Cleverson Felix.

3. Iluminação ideal para suculentas


É necessário cuidado com a luminosidade porque são espécies que precisam de muita luz e isso significa que vão muito bem em sol pleno. Entretanto, essas plantas também podem ser colocadas em ambientes internos desde que bem iluminados.

4. Replantando as suculentas


A multiplicação e replantio das suculentas é muito fácil e pode ser feita através de suas próprias folhas. Basta deixar a folha sobre o substrato e em pouco tempo a mesma começará a criar novas raízes.


Crassula-ovata
Figura 5. A linda suculenta chamada planta-jade (Crassula ovata). Foto: Cleverson Felix.

Existem diversas formas para montar um jardim com plantas suculentas. Você pode montar em canteiros, floreiras, bacias, vasos, quadrinhos de madeira e até em vasos de vidro criando um terrário. A mistura de espécies diferentes de suculentas é uma das melhores opções, pois cores e texturas diferentes fazem uma boa composição com pedriscos ou seixos. Use e abuse da criatividade.

E para finalizar essa postagem, veja um vídeo do canal Cactus TV, sobre TOP 10 - Dicas para o Cultivo de Suculentas:


Comentários

Postagens mais visitadas